Atrasar o relógio do Brexit

Yanis Varoufakis
Abandonar a União Europeia é doloroso por natureza. Governado pelo Artigo 50 do Tratado de Lisboa, o processo prende-se a um período de negociação de dois anos que termina com um prazo hostil a negociações produtivas.

Retrocesso na política externa

Roberto Abdenur
Com o ideário apresentado pelo novo chanceler, a política externa sofrerá processo de retração. Importantes postulados serão abandonados: o multilateralismo, os direitos humanos, a sustentabilidade, o apoio às Nações Unidas e aos organismos a ela vinculados.

Plataforma diplomática da ultradireita ganha força

Matias Spektor
Obtusa, a nova política diplomática lembra sua irmã siamesa, a plataforma de política exterior da extrema esquerda. É um mesmo mundo de fantasmas imaginários, lógica chã e descompromisso com os fatos.

A Cooperação Internacional em Saúde: Cuba e o caso Mais Médicos no Brasil

Maíra Fedatto
A saída dos médicos cubanos do sistema de saúde tende a agravar a situação brasileira. Mas a economia da ilha também será prejudicada, com a perda de uma receita valiosa.

Riscos e incógnitas na política externa

Marco Aurélio Nogueira
Ao novo governo brasileiro em formação, faltam prudência e sentido estratégico, sobra desejo de ‘mudar tudo o que está aí’. A política externa pode derivar para a manifestação ideológica de um antiglobalismo retórico e subordinado ao trumpismo.
Atores do Sistema Internacional
Atrasar o relógio do Brexit
Política Externa Brasileira
Retrocesso na política externa
Política Externa Brasileira
Plataforma diplomática da ultradireita ganha força
Direitos humanos, migrações e novas subjetividades
A Cooperação Internacional em Saúde: Cuba e o caso Mais Médicos no Brasil
Política Externa Brasileira
Riscos e incógnitas na política externa