Plebiscito nacional do Chile e os caminhos para uma nova Constituição

Julia de Souza Borba Gonçalves
Com uma votação histórica, o Chile dará adeus à Constituição de Pinochet e as boas-vindas a uma nova constituição escrita com paridade de gênero. Esse será o ponto final do caminho iniciado dia 25 de outubro com a vitória...

As quedas dos presidentes Vizcarra e Merino no Peru: a popularidade e o “escudo legislativo”

Italo Beltrão Sposito
Durante o intervalo de uma semana, o Peru passou por duas rupturas de mandatos presidenciais: Martín Vizcarra e Manuel Merino.Somadas as três peruanas que ocorreram dentro de um mesmo mandato presidencial (a outra foi de Pedro Pablo Kuczynski (PPK),...

A insegurança energética no Amapá e a fragilidade do estado brasileiro na Amazônia

André Andriw
O caos instaurado no Amapá após o colapso do sistema elétrico local, em razão da explosão de um transformador na subestação Macapá, anteriormente administrada pela multinacional espanhola Isolux, evidencia um velho problema da região: o completo descaso com a...

#3 Eleições presidenciais nos Estados Unidos. Por Cristina Pacheco.

NEAI
O terceiro episódio do PodCast NEAI recebe a professora de Relações Internacionais da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) e pesquisadora do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia para estudos sobre os Estados Unidos (INCT-INEU), Cristina Pacheco, para falar sobre...

#2 O mundo do trabalho pós covid-19. Por Sinaida De Gregório Leão.

NEAI
O segundo episódio do PodCast NEAI recebe Sinaida De Gregório Leão, procuradora federal da Advocacia-Geral da União (AGU) e mestra em Relações Internacionais pela Universidade Federal Fluminense(UFF), para falar sobre os efeitos da covid-19 no mundo do trabalho...
América Latina
Plebiscito nacional do Chile e os caminhos para uma nova Constituição
América Latina
As quedas dos presidentes Vizcarra e Merino no Peru: a popularidade e o “escudo legislativo”
América Latina
A insegurança energética no Amapá e a fragilidade do estado brasileiro na Amazônia
Podcasts
#3 Eleições presidenciais nos Estados Unidos. Por Cristina Pacheco.
Podcasts
#2 O mundo do trabalho pós covid-19. Por Sinaida De Gregório Leão.
Agenda

Webinar de Lançamento Dossiê Covid-19 e Relações Internacionais: Impactos e Debates

NEAI

Conhecer e analisar o que está ocorrendo é o propósito dos textos curtos e variados reunidos neste dossiê, que faz parte da série de publicações Boletim Eletrônico Mundo, Política & Cultura do núcleo e representa o resultado do esforço de estudantes e professores do Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais San Tiago Dantas (UNESP – Unicamp – PUC-SP), dos colegas que participam das atividades do NEAI e contribuem com nossas discussões e estudos. O temário diversificado reflete as preocupações e os interesses das autoras e autores e expressa a multiplicidade dos desafios colocados pela pandemia e pelos complexos processos políticos, sociais e econômicos que já vinham de antes e que agora se explicitam de formas originais.

Leia mais
Saúde Global

O Brasil na contramão do mundo e da ciência: como Bolsonaro pode contribuir para o colapso do SUS

Maíra Fedatto

Bolsonaro, na contramão da ciência e dos pesquisadores, segue argumentando exclusivamente sobre a letalidade da doença, quando a estratégia é reduzir a transmissão para que os serviços de saúde possam lidar com a epidemia, sem exceder a capacidade de cuidados intensivos disponíveis. O discurso do presidente da República, portanto, ignora as limitações do SUS, já alertadas pelo seu Ministro da Saúde.

Leia mais
América Latina

Plebiscito nacional do Chile e os caminhos para uma nova Constituição

Julia de Souza Borba Gonçalves

Com uma votação histórica, o Chile dará adeus à Constituição de Pinochet e as boas-vindas a uma nova constituição escrita com paridade de gênero. Esse será o ponto final do caminho iniciado dia 25 de outubro com a vitória massiva da opção “Apruebo”. Neste texto, a pesquisadora Júlia Borba propõe elencar os principais pontos e análises para entender como os protestos iniciados em outubro de 2019 levaram à proposta de redigir uma nova constituinte e, finalmente, à vitória da opção “Apruebo”, com mais de 78% dos votos

Leia mais
América Latina

As quedas dos presidentes Vizcarra e Merino no Peru: a popularidade e o “escudo legislativo”

Italo Beltrão Sposito

Durante o intervalo de uma semana, o Peru passou por duas rupturas de mandatos presidenciais: Martín Vizcarra e Manuel Merino.Somadas as três peruanas que ocorreram dentro de um mesmo mandato presidencial (a outra foi de Pedro Pablo Kuczynski (PPK), 2018), são 26 na América Latina desde o início da terceira onda de democratização (1978), 22 apenas na América do Sul.

Leia mais
América Latina

A insegurança energética no Amapá e a fragilidade do estado brasileiro na Amazônia

André Andriw

O caos instaurado no Amapá após o colapso do sistema elétrico local, em razão da explosão de um transformador na subestação Macapá, anteriormente administrada pela multinacional espanhola Isolux, evidencia um velho problema da região: o completo descaso com a população amazônica pelo centro decisório em Brasília. A situação não é fruto do governo Bolsonaro, embora a atual gestão tenha falhado em dar uma resposta rápida e segura ao problema. O que ocorre, na verdade, é a atuação ínfima do Estado em uma região naturalmente desafiadora, em que a debilidade institucional e as infraestruturas físicas acentuam as desigualdades socioeconômicas há muitos anos. Por isso, a situação de insegurança energética no Amapá é reflexo da fragilidade do Estado brasileiro na Amazônia.

Leia mais
Podcasts

#2 O mundo do trabalho pós covid-19. Por Sinaida De Gregório Leão.

NEAI

O segundo episódio do PodCast NEAI recebe Sinaida De Gregório Leão, procuradora federal da Advocacia-Geral da União (AGU) e mestra em Relações Internacionais pela Universidade Federal Fluminense(UFF), para falar sobre os efeitos da covid-19 no mundo do trabalho tal como o conhecemos. O conteúdo do PodCast é parte da publicação Dossiê Covid-19 e Relações Internacionais.

Leia mais
Sistema Internacional

Quad e suas hesitações diante da China

João Paulo Nicolini Gabriel e Carlos Eduardo Carvalho

Hesitações diante da crescente assertividade da China marcaram os resultados da reunião do Diálogo de Segurança Quadrilateral, o Quad, entre os ministros de relações exteriores da Austrália, Índia, Japão e Estados Unidos, em 6 de outubro em Tóquio.

Leia mais
América Latina

Eleições presidenciais de 2020 na Bolívia e o desafio da governabilidade pós-Golpe

Marta Cerqueira Melo

Quase um ano após a renúncia forçada do presidente Evo Morales (MAS – IPSP) e a formalização da presidência interina de Jeanine Áñez (MDS), novas eleições foram realizadas na Bolívia no último domingo (18/10). As eleições marcam o que se considera uma retomada democrática no país, levando a termo o período de ruptura institucional decorrente do golpe de Estado de novembro de 2019, que combinou a participação de instituições internacionais (particularmente a Organização de Estados Americanos – OEA) e de segurança pública nacional (Forças Armadas e Polícias) com chantagem armada de grupos paramilitares marginais à ordem legal do Estado Plurinacional.

Leia mais
Segurança Alimentar

O Nobel da Paz, o Programa Mundial de Alimentos e o exemplo do Brasil no combate à fome

Jenifer Santana

O mundo acordou na última sexta-feira, 9 de Outubro de 2020, com a notícia de que o Prêmio Nobel da Paz de 2020 foi concedido ao Programa Mundial de Alimentos (PMA) das Nações Unidas (ONU). De fato, o prêmio recebido pelo PMA colocou o órgão no centro da agenda internacional, ainda mais no contexto de pandemia. Espera-se que isso leve a mais pesquisas científicas sérias sobre sua atuação e performance, e a um esforço multilateral para se pensar e repensar a dependência de um órgão de tamanha magnitude para lidar com um problema rotulado pela própria ONU como solucionável

Leia mais
Sistema Internacional

Espionagem em uma nova guerra fria?

Desiree Almeida Pires

Desde que Donald Trump assumiu a presidência dos Estados Unidos, embasado no discurso de America First, as desavenças entre EUA e China têm-se acirrado. Ainda ao início de 2018, um ano após ter assumido a presidência, Trump anunciou que colocaria tarifas sobre as importações de aço e alumínio, justificando a decisão como necessária para lidar com o que ele considerou como concorrência desleal da China no comércio internacional e que, como consequência, estava prejudicando as indústrias e os trabalhadores estadunidenses.

Leia mais