O Brasil e o México em meio às disputas pela hegemonia

Livia Peres Milani e Marcela Franzoni
O crescimento econômico da China e o acirramento das disputas com os Estados Unidos impõem desafios importantes às duas maiores economias da América Latina – o Brasil e o México

#10 Inflação em alta nos Estados Unidos: incertezas e expectativas. Por Carlos Eduardo Carvalho

NEAI
No décimo episódio do PodCast NEAI, o Prof. Dr. Carlos Eduardo Carvalho — coordenador científico do Núcleo —, comenta sobre as incertezas e as expectativas em relação à volta da inflação nos Estados Unidos e no mundo. O pesquisador...

30 anos de cooperação nuclear entre Brasil e Argentina

João Marcos Ferreira Pacheco
Brasil e Argentina são, hoje, os dois únicos países da América do Sul a dominarem tecnologia nuclear a ponto de construir e manter usinas, reatores para pesquisa e geração de energia, além de enriquecer urânio, mineral utilizado como combustíveis...

Cuba y las protestas del 11 de julio

Milagro Mengana Castañeda
Coreando las mismas frases con las que han crecido y entonando el mismo Himno que refleja la hidalguía de la nación desde sus guerras de independencia, se produjo una protesta inicial en San Antonio de los Baños (Artemisa) el...

#9 O centenário do Partido Comunista Chinês: quatro questões para o debate brasileiro. Por Carlos Eduardo Carvalho

NEAI
Em 1º de julho de 2021, o Partido Comunista Chinês completou 100 anos. Embora seja o maior parceiro comercial do Brasil, a China ainda permanece um mistério para muitos brasileiros e brasileiras. Para falar sobre o assunto, o PodCast NEAI conversa...
América Latina, China, Estados Unidos
O Brasil e o México em meio às disputas pela hegemonia
Podcasts
#10 Inflação em alta nos Estados Unidos: incertezas e expectativas. Por Carlos Eduardo Carvalho
América Latina
30 anos de cooperação nuclear entre Brasil e Argentina
América Latina
Cuba y las protestas del 11 de julio
Podcasts
#9 O centenário do Partido Comunista Chinês: quatro questões para o debate brasileiro. Por Carlos Eduardo Carvalho
Agenda

Governo Biden: um Primeiro Balanço

NEAI

Em seus primeiros 100 dias de governo, Biden assinou mais de 100 ordens executivas. No caso de boa parte delas, o objetivo foi desmanchar medidas implementadas por seu antecessor, ou, pelo menos, dar o primeiro passo para que isso aconteça. É destes assuntos e outros mais que tratamos textos presentes neste dossiê. Divididos em oito principais temas, aqui se encontram reunidos pesquisadores de quase todas as regiões do país e também do exterior, oriundos de diferentes universidades, institutos, programas e núcleos de pesquisa, enriquecendo-nos com análises construídas com base nos mais diversos repertórios.

Leia mais
Podcasts

#10 Inflação em alta nos Estados Unidos: incertezas e expectativas. Por Carlos Eduardo Carvalho

NEAI

No décimo episódio do PodCast NEAI, o Prof. Dr. Carlos Eduardo Carvalho — coordenador científico do Núcleo —, comenta sobre as incertezas e as expectativas em relação à volta da inflação nos Estados Unidos e no mundo. O pesquisador destaca possíveis riscos do retorno da inflação para a economia internacional, especialmente para os mercados financeiros e para as cadeias globais de valor.

Leia mais
América Latina

30 anos de cooperação nuclear entre Brasil e Argentina

João Marcos Ferreira Pacheco

Brasil e Argentina são, hoje, os dois únicos países da América do Sul a dominarem tecnologia nuclear a ponto de construir e manter usinas, reatores para pesquisa e geração de energia, além de enriquecer urânio, mineral utilizado como combustíveis desses reatores. Paralelamente, pode-se dividir o desenvolvimento dos programas nucleares de cada país em três principais fases. A primeira, entre os anos 1950 e 1970, foi marcada por aparente corrida armamentista entre os dois países em termos de política internacional. A segunda fase se caracterizou pela transição da rivalidade para cooperação nos anos 1980 e 1990; e, a mais atual, se estrutura sob as égides integracionista e cooperativa, cuja institucionalização se deu através do Sistema Comum de Contabilidade e Controle de Materiais Nucleares (SCCC) e da Agência Brasileiro-Argentina de Contabilidade e Controle de Materiais Nucleares (ABACC).

Leia mais
América Latina

Cuba y las protestas del 11 de julio

Milagro Mengana Castañeda

Coreando las mismas frases con las que han crecido y entonando el mismo Himno que refleja la hidalguía de la nación desde sus guerras de independencia, se produjo una protesta inicial en San Antonio de los Baños (Artemisa) el domingo 11 de julio de 2021. “No tenemos miedo” se escuchó en las calles y con la misma velocidad que viajan las imágenes y las “lives” en Facebook, les siguieron las protestas en Palma Soriano, Alquízar, Bauta, Gûira de Melena, Gûines, Regla y finalmente, en toda Cuba.

Leia mais
Podcasts

#9 O centenário do Partido Comunista Chinês: quatro questões para o debate brasileiro. Por Carlos Eduardo Carvalho

NEAI

Em 1º de julho de 2021, o Partido Comunista Chinês completou 100 anos.

Embora seja o maior parceiro comercial do Brasil, a China ainda permanece um mistério para muitos brasileiros e brasileiras.

Para falar sobre o assunto, o PodCast NEAI conversa com o prof. Carlos Eduardo Carvalho, que levanta quatro importantes questões para o debate brasileiro sobre a China, especialmente em relação ao imaginário da esquerda nacional a respeito do Partido Comunista Chinês.

Leia mais
Oriente Médio, Redes e tecnologias

A expansão recente das (tecno)políticas de colonização da Palestina: desdobramentos a partir de Sheikh Jarrah

Júlia Tibiriçá

No último mês de maio, a escalada de tensões entre a polícia israelense e moradores palestinos de Sheikh Jarrah, bairro de Jerusalém Oriental, inaugurou o mais recente episódio da questão palestino-israelense que rapidamente voltou às manchetes internacionais. Ao mesmo tempo em que a brutalidade dos bombardeios a Gaza e o saldo de mais de 200 palestinos mortos chocava boa parte da opinião pública internacional, desencadeando manifestações de solidariedade ao redor dos Territórios Palestinos Ocupados (TPOs) e do mundo, o verdadeiro cerco que foi imposto sobre Sheikh Jarrah denuncia a persistente tendência expansiva da colonização da Palestina, evidente não mais apenas pelas históricas políticas de despossessão, extradição e restrição conduzidas pela presença israelense no território, mas também pelo sutil e recorrente reordenamento do regime de controle imposto sobre o povo palestino há mais de setenta anos.

Leia mais
Comércio Internacional, Estados Unidos

A estratégia de Biden para as Cadeias Globais de Valor

Isabella Frangi Bassani

No último dia 08 de junho de 2021, o governo dos Estados Unidos divulgou os resultados da revisão de 100 dias a respeito das cadeias de suprimentos de quatro produtos considerados essenciais: semicondutores, ingredientes farmacêuticos ativos, baterias de alta capacidade e minerais críticos, incluindo elementos terras raras. O relatório é o primeiro passo da estratégia elaborada na Ordem Executiva 14017, assinada em fevereiro de 2021 pelo presidente Joe Biden, que visa identificar potenciais vulnerabilidades e riscos nas cadeias de suprimentos de bens e setores essenciais à economia norte-americana, bem como propor recomendações. O segundo passo consiste na revisão, dentro de um ano, das cadeias de suprimentos de seis importantes setores da economia do país: defesa nacional, saúde pública, tecnologia da informação e comunicação, energia, transporte e agricultura.

Leia mais
Podcasts

#7 22 de junho de 1941: a Alemanha Nazista invade a Rússia Soviética. Memória, controvérsias e mitos. Por Carlos Eduardo Carvalho

NEAI

No sétimo episódio do PodCast NEAI, o coordenador científico do Núcleo, Prof. Dr. Carlos Eduardo Carvalho, discute a invasão da Alemanha Nazista a Rússia Soviética em 1941, as controvérsias e os mitos que ainda rondam o tema. O professor apresenta os fatos históricos e as diferentes interpretações que surgiram do episódio, que mudou o curso das relações internacionais.

Leia mais
Sistema Internacional

Biden desenha aliança contra China: Reuniões de G-7 e Otan indicam que a disputa é global

João Paulo Nicolini Gabriel e Carlos Eduardo Carvalho

No documento oficial da Cúpula de 14 de junho, pela primeira vez a Otan apontou nominalmente a China como desafio para seus membros. Dois dias antes, a declaração do G-7 questionou o tratamento dado por Pequim às minorias muçulmanas no país, as políticas contra opositores em Hong Kong e as tensões territoriais no Mar do Sul da China, temas muito sensíveis para a liderança chinesa. Pequim classificou as referências como provocativas e instigadoras de uma reprovável lógica de Guerra Fria. Os dois comunicados apresentam conteúdo semelhante aos pontos debatidos em março na Cúpula do Quad, o arranjo estratégico composto por EUA, Índia, Japão e Austrália. Nos três eventos a presença assertiva do novo presidente americano foi decisiva para a ênfase contra Pequim.

Leia mais