A revolução que fez o século XX

A Revolução Russa é parte da História dos nossos tempos. Ignorá-la ou desprezá-la em nome de uma polarização com a esquerda e o comunismo é expressão não só de intolerância, mas de regressismo intelectual. Artigo de Marco Aurélio Nogueira.

Balibar: da vitória do capitalismo à derrota da democracia?

Hoje, cada vez mais, as fronteiras não criam delimitações definitivas: atravessam, de maneira mais ou menos autoritária e mais ou menos discriminatória, o espaço no interior do qual se põe a questão do acesso ao autogoverno. Por isso, seria o caso de considerar a maior ou menor liberdade e igualdade que um poder de Estado concede aos imigrantes, bem como o papel que uma nação desempenha no avanço das liberdades ou na redução das desigualdades globais. Entrevista de Étienne Balibar.

Xi Jinping e os tecnocratas depois do XIX Congresso do PC chinês

Congresso partidário reconduziu Xi Jinping e ampliou seu poder e sua imagem. Mas o futuro do país não dependerá somente dele ou dos políticos. Papel extremamente relevante terão os tecnocratas que empreenderão as reformas econômicas e a transformação da China. Artigo de Michael Spence.

Com a morte de Oliveiros Ferreira (1929-2017), foi-se uma referência

Oliveiros não foi autor de “achados” ou um prisioneiro de modas e consensos fáceis. Muito ao contrário. Sua vigorosa interpretação do Brasil apoiou-se na reiteração coerente de algumas cláusulas pétreas: o Estado, a necessidade da ordem, o poder como posse de almas e recursos materiais, a dimensão psicossocial dos fatos políticos, o valor da ação organizada, o projeto nacional, a relevância da geopolítica e da sociologia. Artigo de Marco Aurélio Nogueira.

Incerteza e instabilidade afetam o TLCAN

Estados Unidos, México e Canadá renegociam o tratado que desde 1992 promove o livre comércio entre eles. O futuro mostra-se incerto e é alimentado por especulações e declarações que fomentam o desentendimento. Artigo de Marcela Franzoni.
Teoria Política e Relações Internacionais
A revolução que fez o século XX
Teoria Política e Relações Internacionais
Balibar: da vitória do capitalismo à derrota da democracia?
Atores do Sistema Internacional
Xi Jinping e os tecnocratas depois do XIX Congresso do PC chinês
Teoria Política e Relações Internacionais
Com a morte de Oliveiros Ferreira (1929-2017), foi-se uma referência
Atores do Sistema Internacional
Incerteza e instabilidade afetam o TLCAN
 
O site do NEAI está de cara nova.
O novo layout, desenvolvido pela Upsites.digital, foi concebido para fortalecer o espírito prevalecente no Núcleo e impulsionar a vontade de interagir criticamente com o mundo atual. 
Além de mais ágil e bonito, o novo site está mais funcional e mais agradável de ser visitado. 

Sejam bem-vindos!
 

Dossiê Trump

DOSSIE TRUMP

Direitos humanos, migrações e novas subjetividades

Migrações, populações deslocadas e direitos humanos

Dossiê organizado pelo NEAI e publicado na RIDH – Revista Interdisciplinar de Direitos Humanos discute os complexos e dramáticos problemas de direitos que se manifestam nos deslocamentos populacionais e nos movimentos migratórios dos dias atuais.

Leia mais
Teoria Política e Relações Internacionais

Balibar: da vitória do capitalismo à derrota da democracia?

Hoje, cada vez mais, as fronteiras não criam delimitações definitivas: atravessam, de maneira mais ou menos autoritária e mais ou menos discriminatória, o espaço no interior do qual se põe a questão do acesso ao autogoverno. Por isso, seria o caso de considerar a maior ou menor liberdade e igualdade que um poder de Estado concede aos imigrantes, bem como o papel que uma nação desempenha no avanço das liberdades ou na redução das desigualdades globais. Entrevista de Étienne Balibar.

Leia mais
Teoria Política e Relações Internacionais

Com a morte de Oliveiros Ferreira (1929-2017), foi-se uma referência

Oliveiros não foi autor de “achados” ou um prisioneiro de modas e consensos fáceis. Muito ao contrário. Sua vigorosa interpretação do Brasil apoiou-se na reiteração coerente de algumas cláusulas pétreas: o Estado, a necessidade da ordem, o poder como posse de almas e recursos materiais, a dimensão psicossocial dos fatos políticos, o valor da ação organizada, o projeto nacional, a relevância da geopolítica e da sociologia. Artigo de Marco Aurélio Nogueira.

Leia mais
Atores do Sistema Internacional

Política terá de falar mais alto na crise Espanha-Catalunha

A melhor perspectiva é uma negociação que reitere a autonomia catalã em um quadro estatal mais flexível, mais democrático e ainda mais multinacional, que seja o promotor das nações étnicas que se inserem em seu território e desejam ver respeitadas suas respectivas identidades. Artigo de Marco Aurélio Nogueira.

Leia mais
Redes, tecnologias e modernidade

A interconexão global das empresas transnacionais

Os atores do mercado financeiro não estão isolados. Precisam ser estudados como um sistema, pois formam uma rede. Nela, há um núcleo minúsculo, mas dominante, de aproximadamente 150 atores poderosos, que têm alto grau de interconexão mútua e controlam o sistema. A crise até hoje não prejudicou as estruturas de poder da rede global e a economia não ficou mais forte. A compreensão do quadro exige enfoques alternativos de pesquisa. Artigo de James B. Glattfelder.

Leia mais
Atores do Sistema Internacional

A disputa por liderança no mundo global

Ainda que se trate de países profundamente distintos, muitos veem Angela Merkel e Xi Jinping como referências internacionais ascendentes. Dia 24/09 realizaram-se eleições federais na Alemanha. Nas próximas semanas, acontecerá o Congresso quinquenal do Partido Comunista Chinês. São compromissos importantes para definir o poder de fogo das duas lideranças.

Leia mais