Category

A América Latina e o mundo

A América Latina e o mundo

O 11 de setembro de 1973 e o ataque à liberdade no Chile

Ao longo de seu governo, Allende nacionalizou as minas de cobre, promoveu a reforma agrária, estatizou as minas de carvão e os serviços de telefonia. Diversas terras improdutivas foram entregues aos camponeses. Os bancos também foram afetados por medidas intervencionistas. O Chile se tornava mais justo e menos desigual. Pessoas cantavam pelas ruas. Com o fim da experiência chilena ao socialismo, teve início um dos mais virulentos ataques à democracia, à justiça e à liberdade na América do Sul.

Leia mais
A América Latina e o mundo

Chile, da revolução à democracia

As tentativas de derrubar a ditadura por via armada fracassaram. A batalha decisiva contra o regime ditatorial viria de onde menos se cogitava. A Constituição de 1980 previa a realização, em 1988, de um plebiscito para estabelecer mais um mandato de oito anos para o ditador, e foi em torno da ideia de politizar o plebiscito, negando esse novo mandato, que se vislumbrou a possibilidade de derrotar a ditadura. Artigo de Alberto Aggio. Leia também texto de Gustavo Menon sobre o golpe que derrubou Salvador Allende em 1973.

Leia mais
A América Latina e o mundo

O que está em renegociação no NAFTA

O governo do México dá sinais de preferir um processo de negociação rápido. O embaixador nos EUA afirmou que o governo quer evitar que as negociações avancem por 2018, quando haverá eleições presidenciais no México e legislativas nos EUA. A assimetria entre os dois países é flagrante, mas mexicanos e norte-americanos são interdependentes.

Leia mais
A América Latina e o mundo

Ainda dá para a Venezuela evitar a explosão?

É difícil saber como se movimentarão Maduro e seus aliados, ou se a Constituinte dará algum passo para conquistar algum respaldo popular. O panorama é de um Assembleia sem ampla base social e desconhecida por muitos países. O país está cindido em dois, com um presidente visto como ditador e uma oposição ativa mas com poucos recursos diante das Forças Armadas.

Leia mais
A América Latina e o mundo

A Venezuela e o caos institucional

A Venezuela tem hoje dois parlamentos, instalados em edifícios distintos, um dos quais próximo ao Parlamento, controlado pela oposição. A situação inédita confirma o caos em que o país está submerso após a convocatória do chamado “poder originário” para redigir a nova Constituição impulsionada pelo chavismo. Artigo do jornalista Alfredo Meza.

Leia mais
A América Latina e o mundo

Reforma trabalhista brasileira pode afetar maquiladoras do Paraguai

Deve o Paraguai preocupar-se caso a reforma trabalhista avance no Brasil? O país guarani tem atraído indústrias brasileiras em ritmo acelerado nos últimos anos em função das facilidades ofertadas por sua lei de maquiladoras pareadas a um conjunto de outros fatores que compõem um retrato de certa volúpia à migração industrial.

Leia mais
A América Latina e o mundo

De volta à “guerra fria”, Trump quer reverter política para Cuba

Trump se precipitou politicamente, com os olhos nas eleições de 2018 em Cuba e na possibilidade de que elas reduzam as polaridades entre os dois governos. As rápidas reações cubanas anunciaram a continuidade da política de “defesa da autodeterminação interna e soberana” tradicional, ainda que o governo da ilha não descarte sua disposição de se manter negociando com o Estados Unidos com base no respeito mútuo.

Leia mais
A América Latina e o mundo

Para além de muros e fronteiras vigiadas

A proposta de Donald Trump de completar a construção do muro na fronteira com o México caminha no sentido oposto ao atual nível de interdependência entre os dois países. A incerteza é grande e são muitos os pontos controversos. Ademais, a fronteira é o principal ambiente em que se expressa o atual nível de associação econômica e social entre México e EUA, apresentando uma dinâmica própria.

Leia mais
A América Latina e o mundo

Um impasse paralisa o Paraguai

Nos primeiros dias de abril de 2017, eclodiu em Assunção uma manifestação, que já vem sendo chamada localmente de “el nuevo Marzo Paraguayo”: mais de 200 detidos e cerca de 30 feridos durante o ato em frente ao Congresso Nacional. Um jovem foi morto. A Ponte da Amizade, entre Brasil e Paraguai, foi fechada por manifestantes de Ciudad del Este. O que está havendo para que a população esteja assumindo postura tão reativa?

Leia mais