Category

Comércio Internacional

Comércio Internacional, Segurança Alimentar

COVID-19 e insegurança alimentar: qual o papel da cooperação internacional?

Thiago Lima, Atos Dias, Igor Palma e Lucas Amorim

Ainda é muito cedo para se falar em colapso do sistema agroalimentar internacional. Em diversas partes do mundo, contudo, já começam a surgir notícias de produtores agrícolas que jogam sua produção fora, ou que alimentam animais com frutas, porque não há para quem vendê-las. O questionamento, agora, é se a carta da globalização econômica ainda pode representar um trunfo na manga dos chefes de Estado. Por outro lado, seria muito útil que um projeto de desglobalização fosse planejado e executado com ampla cooperação internacional, visando criar soberania alimentar onde fosse possível.

Leia mais
Comércio Internacional, Redes e tecnologias

Guerras Comerciais High Tech: a disputa entre Estados Unidos e China pelo 5G

Marcel Artioli

Embora a administração Trump tenha obsessão pela questão comercial, tais aspectos estão apenas lateralmente conectados às habilidades dos Estados Unidos em tecnologias high tech. Isso porque as vantagens da China resultam, em grande medida, não de uma conduta ilegal – ainda que as ações chinesas criem um campo de desigual de disputa-, mas do peso do país em termos de investimento global e em participação nas cadeias produtivas globais. Daí a estratégia de Trump de buscar limitar a ubiquidade dos produtos chineses em tecnologia 5G, que ganhou reforço pela redução da atividade econômica causada pela crise do Coronavírus ou COVID-19. Isto é, a crise de saúde global, além de possivelmente levar a um grave problema econômico sem precedentes na história, cria oportunidade para que empresas multinacionais transfiram a produção para fora da China, ou busquem uma reconversão industrial para enfrentar a crise e o fornecimento de bens industriais hospitalares, como os ventiladores médicos, por exemplo. Isso poderia ser um ponto de virada no cenário industrial asiático.

Leia mais
Comércio Internacional, Política Externa Brasileira

Alinhamento do Brasil aos Estados Unidos não blinda conquistas em comércio

Carolina Loução Preto

Apesar de ser descrita como parte de um entendimento bilateral, a decisão do Brasil de renunciar ao tratamento especial e diferenciado (TED) parece, cada vez mais, ter sido tomada no escuro, não apenas pela evidente incerteza sobre suas implicações para negociações futuras, uma vez que o país certamente poderá necessitar de flexibilidades quanto aos diversos temas que possam emergir, mas também em relação às implicações para benefícios já existentes.

Leia mais