Ilustração: Casas de Paraisópolis e prédio de luxo no Morumbi: separados por um muro, com estatísticas bem diferentes. Crédito: TUCA VIEIRA/BBC

Segundo o estudo realizado pela CEPAL em julho de 2021, o contingente de pessoas em situação de pobreza na região latino-americana em 2020, teria alcançado o número de 209 milhões de pessoas – 22 milhões a mais do que os dados de 2019. Além disso, a desigualdade na distribuição de renda, assim como a incidência de insegurança alimentar, teriam aumentado nos últimos anos. Os principais afetados por esses problemas seriam as mulheres, os estudantes e os idosos.

O coordenador científico do NEAI, o prof. Carlos Eduardo Carvalho, comenta sobre esse cenário latino-americano adverso, fazendo considerações sobre a desigualdade social, sobre novos desafios a serem enfrentados e em relação ao ciclo de centro-esquerda na América Latina, ressaltando os avanços conquistados, assim como as dificuldades que ainda persistem na região.

Apresentação: Stella Bonifácio

Edição de som: Marcel Artioli

Autor(a)

  • O Núcleo de Estudos e Análises internacionais (NEAI), vinculado ao Instituto de Políticas Públicas e Relações Internacionais (IPPRI) da Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" (UNESP) busca dialogar com o mundo em que vivemos, com o sistema internacional de Estados, seus atores e processos, seus temas e problemas, e as ideias que nele circulam.

Leia mais:  #15 Política ambiental no Governo Bolsonaro: desmonte, retrocesso e danos à inserção internacional do Brasil. Por Sara Basílio de Toledo