Crédito da Imagem: América Latina (Wikimedia Commons/Wikipedia/Época)

O cenário político da América Latina dos últimos anos foi marcado por investidas antidemocráticas que derrubaram governos progressistas, pela ascensão de governos de direita e pela implementação de projetos neoliberais. Recentemente, é possível identificar um movimento de reconquista de espaço por parte da centro-esquerda. Essa retomada ocorre em um contexto marcado pela pandemia da covid-19, que aprofundou antigos problemas na região latino-americana, causando impactos sociais, políticos e econômicos.

Frente ao atual contexto, o professor Carlos Eduardo Carvalho, o coordenador acadêmico do NEAI, realiza algumas considerações sobre as dificuldades enfrentadas pela nova onda de centro-esquerda da região.

Apresentação: Stella Bonifácio

Autor(a)

  • O Núcleo de Estudos e Análises internacionais (NEAI), vinculado ao Instituto de Políticas Públicas e Relações Internacionais (IPPRI) da Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" (UNESP) busca dialogar com o mundo em que vivemos, com o sistema internacional de Estados, seus atores e processos, seus temas e problemas, e as ideias que nele circulam.

Leia mais:  Dossier / En la senda de Frondizi y Alfonsín, por Marcos Novaro