Política Externa Brasileira

O novo chanceler e o xadrez político da política externa

A indicação de Aloysio Nunes revela que o ministério das Relações Exteriores transformou-se em reduto político do PSDB. Trata-se, hoje, da pasta mais importante a cargo da legenda, nas mãos da ala “serrista” do partido. Não deixa de ser uma ironia, considerando as reiteradas críticas que os próprios tucanos fizeram à “partidarização” da política externa ao longo dos anos Lula e Dilma. Mas o novo ministro terá a chance de resgatar o ativismo da política externa sem necessariamente rechaçar o acumulado institucional e diplomático deixado pelos governos do PT.

Leia mais